quarta-feira, 10 de março de 2010

O morrer por amor é vitória sobre a morte (mãe gabriele)

SELETAS DE ORAÇÕES

O sinal da cruz é a revelação deste amor de DEUS (cf. Jo 3,14-16). Na cruz o Senhor levou Sua revelação à perfeição no amor misericordioso. Na cruz lembramos-nos dos padecimentos de CRISTO por nós, e a Sua dor é para nós a mais profunda expressão do Seu amor. Portanto, a cruz exprime para nós a gravidade do pecado, o imenso amor de DEUS para conosco, a obediência perfeita do FILHO para com o Seu PAI. Revela-nos também a fecundidade do sofrimento de CRISTO e também a força que vence o pecado e o demônio.

O escândalo da cruz

Não podemos negar que a cruz é causa de contradição. Como muitos não compreendem a cruz, se escandalizam, porque muitos há... que são inimigos da cruz de CRISTO (Fil 3,18). Conhecemos também as palavras de São Paulo que dizia na primeira epistola aos Coríntios: Pois não foi para batizar que CRISTO me enviou, mas para anunciar o Evangelho, sem recorrer à sabedoria da linguagem, a fim de que não se torne inútil a cruz de CRISTO. Com efeito, a linguagem da cruz é loucura para aqueles que se perdem, mas para aqueles que se salvam, para nós, é poder de DEUS (1,17-18); nós porém, anunciamos CRISTO crucificado, que para os judeus é escândalo, para os gentios é loucura, mas para aqueles que são chamados... poder de DEUS e sabedoria de DEUS... (1,22-25).

A ciência da cruz não se encontra nas escolas filosóficas da Antigüidade, porque não é uma ciência humana mas divina. Não se compreende ela com a lógica do mundo, mas somente com as leis do amor. Para o cristão a cruz não é castigo, mas é salvação. Não é ameaça, mas solução para os problemas. Não é escuridão, é sempre luz. Quem sofre sem a cruz acaba no desespero, mas a cruz dá um sentido ao sofrimento, entende-se que cada cruz é passageira, e que a cruz leva para a vitória.

Para o cristão a cruz não é um caminho equivocado, mas é liberdade. O caminho da cruz nos parece mais difícil que o caminho da comodidade, mas enfim, a cruz é o caminho mais seguro e nos leva à liberdade, enquanto o prazer leva à escravidão.

A cruz não é imagem sem sentido, é sinal de sacrifício. Não é sinal de tirania, mas é sinal de redenção. Não é repreensão, é sempre sinal de perdão. Não é sinal de poder exterior, mas é sinal de amor para com os mais pequeninos. Para o cristão, a cruz não é sinal de loucura, mas é sinal da certeza de triunfo. Não é sinal da morte, é sempre sinal da vida eterna. A pregação da cruz é forte, mas quem compreende a cruz compreende o amor. Quem prega a cruz, muitas vezes é rejeitado como demonstra São Paulo (Gal 6,12): ...para não serem perseguidos por causa da cruz de CRISTO, porque muitos não querem ouvir falar a realidade da cruz, mas buscam a falsidade da bajulação. Mas a verdade, manifestada pela pregação da cruz, vai trazer nova esperança. Assim a cruz, embora provoca a contradição, torna-se esperança para todos os que sofrem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário