sexta-feira, 19 de março de 2010

São José


Príncipe da Casa Real de Davi e ao mesmo tempo humilde carpinteiro, é difícil se poder avaliar a grandeza de sua missão. É considerado o Patrono da Boa Morte porque morreu assistido pela Santíssima Virgem, sua Esposa, e pelo próprio Homem-Deus, de quem era pai adotivo. Foi também declarado Patrono da Santa Igreja.

Vida de Santos

†††


Lá, onde José recebeu a graça do Espírito Santo


João, o ramo da videira da pureza, recebeu a plenitude do saber no oceano inenarrável da teologia, inclinando-se sobre o peito do Senhor, durante a ceia; mas o esposo da Virgem, o casto José, recebeu a graça do Espírito Santo neste Oceano Divino, quando o Senhor Jesus se inclinou sobre o seu peito, na qualidade de filho.Liturgia greco-católica da festa de São José, dia 19 de março

Um Minuto com Maria

†††


Lembrai-vós a São José


Lembrai-vós, ó puríssimo esposo da Virgem Maria, ó meu amável protetor São José, que nunca se ouviu dizer que ficasse sem consolo quem invoca a vossa proteção e solicita o vosso apoio. Cheio desta confiança apresento-me diante de vós, e animado de fervor me recomendo a vós, especialmente peço por esta intenção.... Ah! Não desprezeis as minhas súplicas, ó pai adotivo do Redentor, mas dignai-vos acolhê-las piedosamente.

Amém!

†††


O IOSEPH, virgo Pater Iesu, purissime Sponse Virginis Mariae, quotidie deprecare pro nobis ipsum Iesum Filium Dei, ut, armis suae gratiae muniti legitime certantes in vita, ab eodem coronemur in morte. Amen.

Nenhum comentário:

Postar um comentário