sábado, 10 de abril de 2010

2° Domingo da Páscoa


Reflexão do Evangelho(João 20, 19-31)
Celebramos hoje por meio da Igreja o 2º DOMINGO DA PÁSCOA de nosso Senhor Jesus Cristo. No evangelho de hoje temos mais um relato da aparição de Cristo ressuscitado, em primeiro lugar a dez de seus discípulos e depois a Tomé aquele que duvidou e depois acreditou por que viu. Jesus se faz presente no meio deles e diz: “A paz esteja convosco”, logo em seguida com um gesto de amor mostra-lhes as mãos e o lado. Jesus ensina que precisamos acreditar sempre em seu amor, pois Ele jamais deixará seus filhos desamparados, mesmo diante de situações adversas, basta somente que cada um de nós acredite plenamente Nele, pois o mundo nos prega totalmente ao contrário, mostrando que o homem consegue ser feliz por si mesmo com as suas próprias forças e sabemos que isso não é verdade.
O evangelho nos relata também, que os discípulos ao verem o Senhor, ficam alegres, recebem o Espírito Santo e são enviados em missão a todos os povos, a fim de que transmitam sua palavra e os cure de todos os pecados, e nós? Também somos enviados a cada Santa Missa para poder anunciar que Jesus está ressuscitado? É claro que sim, devemos anunciar tão grande mistério, recebemos Jesus na Eucaristia, pão vivo descido do céu, Cristo que mostra seu lado, que entrega seu coração para cada um de nós e nos diz: Ama-me como tu és, e nos encoraja quando diz a São Tóme: Não sejas incrédulo, mas homem de fé.
Fica evidenciado que este envio feito por Jesus Cristo aos seus discípulos é também feito a cada um de nós, pois somos chamados a sermos seus discípulos e missionários, fazendo com que sua palavra perpetue para sempre no mundo inteiro, e que todos acreditem no ressuscitado e tenham vida em abundância. Com um gesto concreto de amor a Jesus Cristo que vive e reina entre nós, vamos neste Segundo Domingo da Páscoa, fazer-nos verdadeiros discípulos e missionários, acreditando sempre no ressuscitado e não deixando que a nossa fé seja abalada pelas coisas vans desse mundo, coragem Ele ressuscitou.
Diácono: Mário da Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário