quinta-feira, 20 de maio de 2010

Como cordeiro puro oferecido


Sejam alegres as celebrações!
Cantem louvores nossos corações!
As coisas todas se renovam, belas,
e são abandonadas as mazelas.

E reverentes, cheios de emoção,
lembramos quando Cristo tomou o Pão
e o efereceu segundo a Lei sagrada
que dos Patriarcas santos fora herdada.

Como cordeiro puro oferecido,
o Corpo do Senhor foi repartido.
E o gesto do Senhor nos revelou
o que o profeta antigo anunciou.

Aos fracos deu seu Corpo com amor,
e aos tristes deu seu sangue e seu calor.
E disse: “aceitem este corpo agora,
e bebam o meu Sangue sem demora”.

Assim ele instituiu o Sacrifício
e limitou o santo benefício
ás mãos dos sacerdotes ordenados
para nutrir os pobres e cansados.

O Pão dos Anjos veio às nossas mãos
unindo-nos em Cristo como irmãos.
Que maravilha! Deus é consumido
por qualquer um, humilde e oprimido.

A ti, Deus Trino e um só Deus, oramos:
Conosco permanece, te adoramos.
Nos teus caminhos faze-nos andar, e na tua glória, alegres, habitar. Amém
São Tomás de Aquino

Nenhum comentário:

Postar um comentário