quinta-feira, 13 de maio de 2010

A VISÃO DOS BEATOS PASTORINHOS DE FÁTIMA



No dia 13 de maio de 1917, na Cova da Iria, Portugal, Nossa Senhora apareceu a três crianças: Lúcia dos Santos (10 anos), Francisco Marto (9 anos) e Jacinta Marto (7 anos). Elas já haviam rezado o rosário, e ao vigiarem ovelhas, viram uma linda jovem sobre uma azinheira, que os chamou. Trazia veste branca, com manto que lhe cobria a cabeça e descia até os pés. Conservava as mãos juntas, na altura do peito, e delas pendia um rosário. A Senhora diz:

- Não tenhais medo, não quero vos fazer mal algum!

- De onde é a Senhora? – perguntou Lúcia;

- Eu sou do céu. – respondeu a Virgem;

- O que queres?;

- Quereis vos oferecer ao Senhor, prontos a fazer sacrifícios e a aceitar voluntariamente todas as provações que Ele quiser vos mandar? Em reparação a tantos pecados com que se ofende a Divina Majestade, para obter a conversão dos pecadores e em desagravo pelas blasfêmias e tantas ofensas feitas ao Imaculado Coração de Maria;

- Sim, queremos. – respondeu Lúcia

Nossa Senhora acrescentou que teriam que sofrer muito. Mas a graça de Deus os assistiria e os confortaria. E antes de desaparecer, recomendou:

- Todos os dias rezem o rosário com devoção para obter a paz no mundo. Sacrificai-vos pelos pecadores e dizei muitas vezes, e especialmente quando fizerdes algum sacrifício: “Ó Jesus, é por vosso amor, pela conversão dos pecadores e em reparação pelos pecados cometidos contra o Imaculado Coração de Maria”.

Nas mãos da Virgem estava um Coração circundado de espinhos que o feriam por todos os lados. Exortou as crianças para que fizessem conhecer aos homens a necessidade de serem fiéis a este Coração, de se confessar, comungar e rezar o santo rosário. Também manifestou o desejo de que, por quinze minutos ao dia, se meditasse os mistérios dos rosário em reparação aos pecados cometidos.

E, ao final das aparições, a Virgem diz: “Por fim, o meu Coração Imaculado triunfará”. Que significa isto? Significa que este Coração aberto a Deus, purificado pela contemplação de Deus, é mais forte que as armas de qualquer espécie. O “fiat" de Maria, a palavra do seu Coração, mudou a história do mundo, porque introduziu neste mundo o Salvador: graças àquele “Sim”, Deus pôde fazer-Se homem no nosso meio e assim permanecer para sempre.

Que o mal tem poder neste mundo, o vemos e o experimentamos continuamente; tem poder, porque a nossa liberdade se deixa continuamente desviar de Deus.

Mas, desde que Deus passou a ter um coração humano e deste modo orientou a liberdade do homem para o bem, para Deus, a liberdade para o mal deixou de ter a última palavra. O que vale desde então, está expresso nesta frase: “No mundo tereis aflições, mas tende confiança! Eu venci o mundo” (Jo 16, 33). A mensagem de Fátima nos convida a confiar nesta promessa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário