terça-feira, 31 de agosto de 2010

Bento XVI convida a viver com “estilo de Deus”


Constatando que com freqüência se vive segundo um "estilo pagão", Bento XVI convidou a forjar a própria vida seguindo outro caminho, "o estilo de Deus".

O Pontífice, como refere a Rádio Vaticano, interveio para comentar o Evangelho deste domingo, que faz referência àqueles que buscam o primeiro lugar nos banquetes (Lc 14, 1. 7-14), recordando que, nesta passagem, "o Senhor nos faz compreender que na verdade continuamos vivendo segundo o estilo dos pagãos: convidamos por reciprocidade somente quem devolverá o convite; damos somente a quem nos restituirá".

"O estilo de Deus é diferente - sublinhou. Ele nos convida à sua mesa, nós, que somos mancos, cegos, surdos; convida a nós, que não temos nada para oferecer-lhe."
"O estilo divino - constatou - se experimenta, sobretudo na Eucaristia, durante a qual somos chamados a deixar-nos tocar pela gratidão para com Deus, que nos convida à sua mesa, apesar de que estejamos repletos de culpas."

"Mas queremos aprender também a experimentar a culpa de que saímos muito pouco do estilo pagão, porque vivemos muito pouco a novidade, o estilo de Deus", observou o Bispo de Roma.

"E por isso começamos a Santa Missa pedindo perdão: um perdão que nos transforme que nos torne mais semelhantes a Deus, à sua imagem e semelhança."
E na homilia da celebração, o cardeal Christoph Schönborn, arcebispo de Viena e antigo aluno do professor Joseph Ratzinger, sublinhou a importância da humildade, que "transforma os insultos em uma graça".

"Obrigado, Santo Padre, porque o senhor encarna para nós a atitude de Cristo, que é manso e humilde de coração! - exclamou. Não é algo maravilhoso da fé cristã e da experiência cristã? A alegria pelo fato de que os parâmetros do Céu são tão diferentes dos nossos."
O Ratzinger Schülerkreis deste ano se concentrou no tema da interpretação do Concílio Vaticano II.

Fonte: ZENIT.org. CASTEL GANDOLFO, segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário