sexta-feira, 20 de agosto de 2010

"Não dançastes... Não batestes no peito..."


O próprio Senhor Jesus Cristo começou assim a sua pregação: "Convertei-vos, porque o Reino dos Céus está próximo" (Mt 4,17). João Baptista, seu precursor, tinha começado da mesma maneira: "Convertei-vos, porque o Reino dos Céus está próximo" (Mt 3,2). E agora o Senhor critica-os porque não se querem converter, agora que o Reino dos Céus está próximo, esse Reino dos Céus de que ele próprio diz que "não vem de uma maneira visível" e ainda "que está no meio de vós" (Lc 17,20-21).

Que cada um tenha, pois a prudência de aceitar os avisos do nosso Mestre, para não deixar escapar o tempo da sua misericórdia, este tempo que se desenrola agora, durante o qual ele poupa o gênero humano. Porque, se o homem é poupado, é para que se converta, para que ninguém seja condenado. Cabe a Deus saber quando virá o fim do mundo: seja como for, é agora o tempo da fé.


Santo Agostinho (354-430), bispo de Hipona (Norte de África) e doutor da Igreja
Sermão 109

Nenhum comentário:

Postar um comentário