segunda-feira, 16 de agosto de 2010

"O pão dos anjos, o pão do caminhante, o verdadeiro pão dos filhos de Deus"


Deus todo poderoso e eterno, eis que me aproximo do sacramento do teu Filho único, nosso Senhor Jesus Cristo. Doente, venho ao médico de quem depende a minha vida; manchado, venho à fonte da misericórdia; cego, venho ao foco da luz eterna; pobre e desprovido de tudo, venho ao Senhor do céu e da terra.

Imploro, pois, a tua imensa, a tua inesgotável generosidade, a fim de que te dignes curar as minhas enfermidades, lavar as minhas manchas, iluminar a minha cegueira, cumular a minha indigência, cobrir a minha nudez; e que, assim, eu possa receber o pão dos anjos (Sl 77,25), o Rei dos reis, o Senhor dos senhores (1Tm 6,15), com toda a reverência e humildade, com toda a contrição e devoção, com toda a pureza e fé, com toda a firmeza de propósito e retidão de intenção que a salvação da minha alma requer.

Concede-me, suplico-te, que não receba apenas o sacramento do Corpo e Sangue do Senhor, mas toda a força e eficácia desse sacramento. Deus cheio de doçura, concede-me que receba tão bem o Corpo do teu Filho único, nosso Senhor Jesus Cristo, esse corpo material que Ele recebeu da Virgem Maria, que mereça ser incorporado no seu Corpo místico e contado entre os seus membros.

Pai cheio de amor, concede-me que esse Filho bem amado que me preparo para receber agora da forma velada que convém ao meu estado de peregrino, eu possa um dia contemplar de rosto descoberto e para a eternidade, Ele que, sendo Deus, vive e reina contigo, na unidade do Espírito Santo, pelos séculos dos séculos. Amen.


S. Tomás de Aquino (1225-1274), teólogo dominicano, doutor da Igreja
Orações

Nenhum comentário:

Postar um comentário