quinta-feira, 19 de agosto de 2010

A violência que se apodera do Reino


Que nada te impeça de te unires a Cristo... Reza sem tardar, suplica de todo o teu coração, pede com ardor, até que recebas. Não desanimes. Essas coisas ser-te-ão dadas se, desde já, com toda a tua fé, fizeres violência sobre ti mesmo para confiares a Deus a tua preocupação e para substituíres as tuas próprias previsões pela providência de Deus. Quando Ele vir a tua vontade, quando vir que, na pureza do teu coração, confiaste nele mais do que em ti mesmo e fizeste violência sobre ti para esperar nele mais do que na tua alma, então esse poder que tu desconheces virá habitar em ti. E sentirás em todos os teus sentidos o poder daquele que está contigo para além de qualquer dúvida. Graças a esse poder, muitos entram no fogo e não temem, caminham sobre a água e não hesitam.

Santo Isaac, o Sírio (séc. VII), monge em Ninive, perto de Mossul, no actual Iraque
Discursos ascéticos, 1ª série, nº 19

Nenhum comentário:

Postar um comentário