domingo, 8 de janeiro de 2012

Veja esse vídeo e Comente em nosso Blog

Um comentário:

  1. Discutível a atitude. Por mais que pareça a priori uma tentativa de "sacralizar" o cotidiano de um mundo que não tem mais tempo para Deus o fato de se conduzir o que parece ser o Santíssimo numa sacola qualquer nos entristece. Pois, a partir do momento em que o frei/monge pede que os transeuntes se ajoelhem, implicitamente está dizendo que no ostensório está o Corpo de Cristo e aí volta a questão: é digno transportá-Lo numa sacoleta qualquer?
    Mas, se (desconfio) isto é apenas uma representação, então como fica o católico comum que, numa rua qualquer vê um sacerdote(?) tirar o que ele pensa ser o Corpo de Nosso Senhor de uma (repito) sacoleta???
    Confesso, não me agrada a atitude. Há modos mais dignos e mais eficazes de evangelizar.

    ResponderExcluir